Os objetivos comuns a todos os Laboratórios são: 

1. Estabelecer condições para o desenvolvimento dos projetos de  pesquisas dos docentes, discentes e pesquisadores associados;

2. Apoiar as atividades dos cursos de pós-graduação stritu senso;

3. Acolher alunos da pós-graduação e criar condições para o desenvolvimento de seus trabalhos de conclusão;

4. Contribuir para a integração entre a pós-graduação e a graduação acolhendo alunos da graduação e iniciando-os nas atividades de pesquisa;

5. Apoiar atividades de formação profissional em nível de pós-graduação  lato senso dentro de sua especialidade contribuindo para a formação e o aprimoramento de profissionais da psicologia e de áreas afins;

6. Apoiar atividades de extensão na área de produção do conhecimento do Laboratório;

7. Apoiar atividades de ensino à distância na área de produção do conhecimento do Laboratório;

8. Estabelecer intercâmbios com pesquisadores, grupos de pesquisa e instituições de natureza diversa em âmbito regional, nacional e internacional visando o desenvolvimento de atividades conjuntas que contribuam para o enriquecimento das atividades do Programa.

 

Atividades dos Laboratórios

- Grupos de estudo com alunos de pós-graduação e graduação.

- Orientação de pesquisa e atividades de pós-doutoramento.

- Orientações de teses e dissertações.

- Orientações de alunos de graduação em disciplinas de estágio e pesquisa.

- Orientação de alunos bolsistas dos Projetos de Extensão de Ação Contínua.

- Desenvolvimento de grupo de produção de trabalho com alunos da  graduação e da

pós-graduação.

- Participação em projetos de pesquisa interinstitucionais.

- Participação em eventos científicos - apresentação de trabalhos: docentes, alunos

de pós-graduação e alunos de graduação.

- Realização de atividades de consultoria a órgãos públicos.

- Manutenção de Projetos de Extensão de Ação Contínua

-  Orientação de atividades de extensão na forma de supervisão de atendimento clínico à população, junto ao CAEP/IP - Centro de Atendimento e Estudos em Psicologia.

 


 

Laboratório de Saúde Mental e Cultura

A meta geral do Laboratório é produzir conhecimento sobre questões contemporâneas em psicologia clínica: intervenção em crise e prevenção do suicídio; saúde e sofrimento psíquico na meia-idade e no envelhecimento; questões de gênero e suas interações com a psicologia clínica; estudo da subjetividade, das psicoterapias, hipnose, corpo e religião. Outro objetivo fundamental é desenvolver estratégias específicas de avaliação e tratamento na clínica psicológica e metodologias individuais e grupais de prevenção e promoção em saúde mental.

Equipe

Marcelo da Silva Araújo Tavares (coordenador)

Gláucia Ribeiro Starling Diniz

Maurício da Silva Neubern

Sheila Giardini Murta

Julia Sursis Nobre Ferro Bucher-Maluschke

Vera Lúcia Decnop Coelho

Alunos(as) de Pós-graduação (doutorado e mestrado); Alunos(as) do Curso de Graduação

Pesquisadores e Profissionais que atuam em parceria com o Laboratório

Linhas de Pesquisa: 

Saúde Mental e Cultura

Processos Interacionais no Contexto do Casal, da Família, do Grupo e da Comunidade.

Grupos de Pesquisa CNPq:

Sistemas Complexos: Casais, Famílias e Comunidade - Gláucia Diniz (Líder) e Júlia Bucher-Maluschke (Vice-Líder).

Saúde Mental, Intervenção em Crise e Prevenção do Suicídio - Marcelo Tavares (Líder).

 


 

Laboratório de Família, Grupos e Comunidade

A meta geral do Laboratório é produzir conhecimento sobre a complexidade da existência humana, em relação à família e à comunidade; investigar processos como a drogadição, a delinquência juvenil, a doença mental, a marginalização de crianças e de adolescentes, a inserção de deficientes físicos, a violência e o abuso sexual; desenvolver metodologias de prevenção e de promoção de saúde; contribuir para uma reflexão sobre o papel social do psicólogo e para a construção de novas possibilidades de intervenção e atuação em psicologia, a partir dos desafios colocados pela sociedade contemporânea.

Equipe: 

Liana Fortunato Costa (coordenadora)

Maria Inês Gandolfo Conceição

Maria Fátima Olivier Sudbrack

Alunos(as) de Pós-graduação (doutorado e mestrado); Alunos(as) do Curso de Graduação

Pesquisadores e Profissionais que atuam em parceria com o Laboratório

Linha de pesquisa: 

Processos Interacionais no Contexto do Casal, da Família, do Grupo e da Comunidade 

Grupo de Pesquisa CNPq:

Drogas, Juventude e Complexidade - Maria Fátima Olivier Sudbrack (Líder).

 


 

Laboratório de Psicanálise e Subjetivação 

A meta geral do Laboratório é realizar estudos analíticos dos modos e processos de subjetivação da modernidade e contemporaneidade; estudar os fundamentos da psicanálise e suas inter-relações com a cultura, no aspecto de história do pensamento e dos produtos culturais, particularmente a arte e a literatura; compreender as transformações da teoria da sexualidade à teoria de Eros e suas implicações na compreensão e no tratamento da transferência na psicanálise; investigar a fantasia materna articulada à sexualidade feminina para pensar as transmissões fantasmáticas e inconcientes na formação psíquica do bebê.

Equipe: 

Terezinha de Camargo Viana (coordenadora)

Daniela Scheinkman Chatelard

Dioni Lula Zavaroni (Pesquisadora Associada)

Eliana Rigotto Lazzarini

Luiz Augusto Monnerat Celes

Márcia Teresa Portela de Carvalho (Pesquisadora Associada)

Tania Cristina Rivera

Alunos(as) de Pós-graduação (doutorado e mestrado); Alunos(as) do Curso de Graduação

Pesquisadores e Profissionais que atuam em parceria com o Laboratório

Linha de Pesquisa: 

Psicanálise, Subjetivação e Cultura

Grupo de Pesquisa CNPq

Psicanálise dos processos de subjetivação: pulsão, arte e cultura – Terezinha de Camargo Viana (Líder).

 


 

Laboratório de Psicopatologia, Linguagem e PSICANÁLISE

A meta geral do Laboratório é desenvolver pesquisas relacionadas aos atos de linguagem na situação psicoterapêutica; compreender processos psicopatológicos e de psicodiagnósticos; investigar políticas públicas em saúde mental, álcool e outras drogas e a adolescência em conflito com a lei e em medida de segurança;  estudar as relações de gênero e saúde mental; pesquisar a psicologia clínica e suas relações com a neurociência; pesquisar a intervenção em psicanálise com crianças e famílias, as psicopatologias da primeira infância (autismo e psicoses na infância); estudar a intervenção precoce em crises psicóticas e correlatas e a promoção em saúde mental; estudar processos psicopatológicos na adolescência e suas relações com a violência. 

Equipe:

Valeska Zanello (coordenadora)

Deise Matos do Amparo

Francisco Martins

Ileno Izídio da Costa

Maria Izabel Tafuri

Alunos(as) de Pós-graduação (doutorado e mestrado); Alunos(as) do Curso de Graduação

Pesquisadores e Profissionais que atuam em parceria com o Laboratório

Linhas de Pesquisa:

Psicopatologia, Psicoterapia e Linguagem

Saúde Mental e Cultura

Grupo de pesquisa CNPq:

Psicoterapia: Psicopatologia, Epistemologia e Linguagem - Francisco Martins (Líder) e Ileno Izídio da Costa (Vice-líder).

 

Página WEB: http://labpsicopato.wordpress.com/

 


 

Laboratório PRODEQUI: Programa de Estudos e Atenção às Dependências Químicas

O PRODEQUI tem como meta contribuir para a evolução da abordagem científica das questões referentes à Dependência Química e ao envolvimento do ser humano com as drogas.  No contexto da Psicologia Clínica, privilegia o estudo da dimensão do sofrimento do sujeito, da família ou dos demais contextos onde o abuso de drogas se expressa, com vistas a construir bases teórico-metodológicas para intervenções tanto preventivas como terapêuticas na área. A problemática das drogas/álcool é entendida  em uma perspectiva da complexidade  e da leitura sistêmica. O tema das dependências químicas remete inevitavelmente à busca de interfaces com diversas áreas do conhecimento científico e à construção de propostas multi, inter e transdisciplinares.

Equipe:

Maria Fátima Olivier Sudbrack (coordenadora)

Liana Fortunato Costa

Maria Inês Gandolfo Conceição.

Alunos(as) de Pós-graduação (doutorado e mestrado); Alunos(as) do Curso de Graduação

Pesquisadores e Profissionais que atuam em parceria com o Laboratório

Linha de pesquisa: 

Processos Interacionais no Contexto do Casal, da Família, do Grupo e da Comunidade.

Grupo de Pesquisa CNPq:

Drogas, Juventude e Complexidade - Maria Fátima Olivier Sudbrack (Líder).

Página WEB: http://www.prodequi.unb.br/fale-conosco